Valentim Gentil CIDADE DE

Valentim Gentil

História

Antes de vasculhar os arquivos da história de Valentim Gentil, visando à busca de informações para transcrever a história que narra à força, a fé, a esperança e a determinação de um povo, não poderíamos deixar de retornar ainda mais no tempo e buscar os por quês do surgimento de centenas de cidades, que compõem hoje a promissora região noroeste paulista. Nessa busca incessante, chegamos à conclusão que durante a ocupação da extensa e fértil área do extremo noroeste de São Paulo, limitada pelos rios Grande, Paraná e São José dos Dourados, deu-se a formação de povoados e a colonização ocupava mais de um terço do chão paulista. A princípio as rotas de penetração foram trilhadas pelas tropas de gado, que demandavam Barretos, procedentes de Mato Grosso. Em meados da década de 1930, os trilhos da Estrada de Ferro Araraquarense atingiram o município de Mirassol, e então se intensificou o desbravamento da região, com o fluxo de imigrantes em busca de terras novas para o cultivo do café.

As informações da existência de uma terra nova e cheia de oportunidades chegavam além do mar. Havia, portanto, mais que os portugueses, aqui presentes desde o descobrimento, os negros africanos, obrigados a cruzar o Atlântico como escravos e os índios, atraídos para a colonização do Brasil. Por motivos de ordem econômica e técnica, o traçado da Araraquarense seguiu rigorosamente o espigão que serve de divisor de águas dos rios São José dos Dourados e Grande. Por um lado, dava-se preferência aos solos apropriados à cultura cafeeira e, de outro, visava-se maior facilidade na execução do traçado, evitando obras de arte ou aterros e grandes cortes. Núcleos e povoados começaram a surgir, com decorrência do loteamento de terras que ia se processando, com a mata cedendo lugar à agricultura e a pecuária. O desenvolvimento agrícola exigia a destruição das matas. Em 1937 havia sido fundada Votuporanga, na década seguinte, outros povoados surgiriam, dando lugar mais tarde às cidades prósperas como Fernandópolis, Jales, Urânia e Santa Fé do Sul. Outras cidades só surgiram em consequência de uma necessidade financeira com a crise do café, que ocorrera por causa do declínio dos latifúndios, que passaram a ser loteados e vendidos a prestações mensais, como no caso de Votuporanga. Já o município de Valentim Gentil nasceu por causa da necessidade de se abrigar imigrantes que vinham atraídos por uma promessa de futuro no interior paulista, fronteira da civilização, onde ainda existiam terras virgens e populações selvagens.

A maior parte do estado já era cortada por quase três mil quilômetros de ferrovias. Mas o norte e noroeste estavam ainda povoados por índios das tribos dos Xavantes, Coroados e dos Guaranis, que se mesclaram com a população branca (caboclos). As tribos tinham como vizinhos os europeus e colonos. A população europeia conquistou o seu espaço, e lá onde, em tempos não  remoto ostentava-se a mata virgem frondosa e impenetrável, existem hoje florescentes cidades.

ENVIE UMA FOTO DE SUA CIDADE

Arquivo enviado com sucesso!

© Copyright - 2005 - 2019 - MINHA CIDADE - Todos os direitos reservados